Blues

Padrão

Blues

 

À meia luz, o timbre

O toque devasso, firme

Cerveja gelada, rodopia

Entontece, vibra se  a bateria

À meia luz, na alma

Um beijo, blues, me perco

Sentada, danço feito fada

À meia luz, o timbre

O ritmo, desperto

Sorrio cúmplice, faceira

A banda vibra, continuamente

(15.10.10)

A música de inspiração: One bourbon, one scotch, one beer – Jonh Lee Hoocker


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s