Arquivo da categoria: Músicas

Processo Criativo!

Padrão

Olá!

Hoje vou postar um pouco sobre meu processo criativo. Eu acho que para escrever precisa, sim, de um pouco de inspiração, o que ajuda muito no processo criativo é música.

Para mim alguns gêneros musicais me ajudam a pensar em histórias inteiras, outros casos, músicas específicas me inspiram a um personagem, há também alguns casos em que os cantores(as) aliados ao tom de voz e à música que produzem que instigam uma história, um personagem, o clima de uma ideia… Enfim.

Hoje eu vou dividir um pouco a música que me introduz ao (meu) universo vampírico. Quando que quero escrever com vampiros e não consigo desenrolar a escrita eu coloco músicas como HIM, Apocalyptica e músicas com pegadas mais sombrias.

Há casos em que uma única música me inspira tanto que diversos contos tem ela de fundo, é o caso de Fantasia em O Grimoire dos Vampiros, e outros contos em que há relação entre uma bruxa e um vampiro por exemplo. Essa música é Bittersweet do Apocalyptica com Ville Valo e Lauri Ylönen

Como acontece? Bom, na minha concepção vampiros são sombrios, mesmos aqueles que não vão estripar ou sugar até a última gotícula de sangue, eles são misteriosos e superiores de uma forma natural, sem exageros (embora o exagero não esteja totalmente excluído de suas personalidades), em geral meus vampiros são também distantes e sensuais. E combinam especificamente com esse tipo de música citada acima, com um clima sombrio e gostoso de ouvir. Então, no meu processo criativo há uma espécie de ligação entre personagem-história e a música. Se ao escrever um conto ouvindo a música e a melodia dela passa de suave para pesada, eu acabo acompanhando a melodia e descrevendo cenas de suaves e delicadas para tensas e sensuais.

Bom, hoje eu dividi um pouquinho do meu universo vampírico com vocês! Da próxima pretendo trazer um fundo do universo das bruxas ou dos demônios…

Beijos

Anúncios